Ata de Reunião do mês de Abril/2015

ATA DA REUNIDO DIA 08/04/2015, DA REDE INTERSETORIAL DE SÃO SEBASTIÃO,
REALIZADA NA AÇÃO SOCILA DO PLANALTO – ASP


"A reunião foi iniciada com a coordenação de Luciana Leão – CRAS; houve a apresentação de cada um dos presentes e em seguida foram divulgados informes:

Casa das Redes – divulgou encontro com o governador em que serão discutidas as políticas públicas implementadas nos 100 primeiros dias de governo, reunião no sábado 11/04, as 15h30minh em local a ser confirmado.
Everardo do DF em Movimento informou que hoje são 19 redes em todo o DF, e que este movimento luta pela implementação das agendas das redes nas políticas públicas. O DF em Movimento realizou reuniões com a Secretaria da Criança, com a Segurança Pública, com a Sec. de Meio Ambiente, na busca pelo reconhecimento das demandas das redes pelo Estado porque é nas redes que estão os recursos humanos capazes de realização dos projetos a serem implementados pelas políticas públicas. Frisou que se as administrações regionais na pessoa de seus Administradores estivessem presentes nas reuniões das redes teriam acesso ao conteúdo local de maior importância para sua atuação.

Izaac, Movimento Super Nova – divulgou a Roda de Conversa sobre novas propostas de políticas e de formas de diálogo. A ser realizada na sexta-feira, 10/04, 09h, na brinquedoteca Ludocriarte;
Também divulgou a realização do Domingo no Parque, no dia 19/04, a partir das 14h, no parque ecológico do bosque, cujo tema será o debate sobre a redução da maioridade penal;

Pedro, Conselho Tutelar – divulgou a preparação das atividades para o 18 de maio – dia D de combate à violência sexual e abuso contra crianças e adolescentes. Informou que o planejamento está sendo realizado e que conta com o auxílio de todos. O conselho de saúde informou que já está realizando palestras com relação ao tema em escolas.

CRSSS, Elenice Rodrigues – Divulgou o Fórum: Destino dos Resíduos Sólidos de São Sebastião que acontecerá no dia 29/04/2015, no período de 08 às 12h, no Ministério Apostólico Internacional Ágape – MAIA, Quadra 03 lote 52/54, bairro São José, o Fórum está sendo realizado em uma parceria entre Coordenação Regional de Saúde, Administração Regional de São Sebastião e AGEFIS;

Representantes do SLU divulgaram o Fórum Lixo e Cidadania que se reúne no Edifício Márcia, às 19 horas, no INESC, SCS quadra 01, cobertura e que a próxima reunião se realizará no dia 16/04;

ASP – divulgou a Oficina Sonhe e Realize que ainda possui 10 vagas disponíveis;
A reunião transcorreu posteriormente com a exposição do SLU sobre proposta já apresentada anteriormente no SLU para o CRAS, a Administração Regional e a Sec. de Educação e posterior debate com os presentes sobre a remodelagem da coleta seletiva em São Sebastião.

A equipe do SLU presente, informou que o contrato acabou e que a empresa que realizava a coleta seletiva em São Sebastião não tem interesse em continuar, a segunda colocada na licitação também não se interessou, com a justificativa de inviabilidade econômica o que gerou a suspensão temporária com a necessidade de remodelagem para a coleta seletiva na cidade.
Sugere-se a instalação de Locais de Entrega Voluntária (LEV) para a população levar os recicláveis. A instalação se dará pelo SLU com parceiros, a coleta se dará por empresa que realiza a coleta seletiva de outro setor, por acordo. Os equipamentos serão instalados em locais fechados, escolas, Administração, CRAS, Igrejas. Será realizada divulgação por panfletagem, por parceiros da Adm., pelo núcleo do SLU, por cooperativas ECOLIMPO/COOPERUNIÃO, postos de gasolina, igrejas e ongs.

Foram apresentados os slides em anexos e os principais questionamentos transcorreram sobre os LEVS, LOCAIS DE ENTREGA VOLUNTÁRIA DE RESÍDUOS RECICLÁVEIS:
- quem será responsável pela manutenção e higienização?
- solicitou-se a disponibilização da coleta para a cooperativa de catadores local com apoio do projeto pró-catador que financia equipamentos, inclusive caminhão para a cooperativa realizar o processo sem a necessidade de contratação de empresa privada para tal;
- Solicitaram-se recursos para a educação ambiental da comunidade, processo que precisa ser realizado antes do início da implantação dos equipamentos em questão;
- esclareceu-se que para a implantação em escolas da Secretaria de Educação é necessário antes orientar e educar as equipes de direção e de serviços gerais das escolas (AGEFIS informou que já realizou tal processo e se disponibilizou para auxiliar);
- SLU solicitou parceiros para a implantação e complementação de tais pontos;
- Foi frisado que o real objetivo dos LEVs é garantir a cultura de reduzir, reutilizar e reciclar, como meio de proteção das futuras gerações. Para o planeta não existe jogar fora.
- Foi questionada a utilização dos LEVs como meio para realização da coleta seletiva quando eles inicialmente eram apenas equipamentos complementares para o processo de coleta seletiva de porta em porta;

- O CRAS informou que o projeto Agentes de Cidadania Ambiental (bolsa catador) foi suspenso para avaliação jurídica e orçamentária e que o cadastramento das cooperativas passou para o SLU; a listagem das cooperativas cadastradas e habilitadas está publicada no DODF de 01/12/2014, página 36 e novas habilitações não estão previstas."

(por Sueli Borges, via e-mail)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é rede? → São Sebastião discute o tema em sua reunião mensal

Mediação Comunitária em São Sebastião